O vereador Nelsinho (Antônio Nélson Oliveira de Azevedo Filho) comprovou o aumento dos repasses do governo federal para Prefeitura de Penedo. Com base em informações disponíveis no portal da transparência da União e também do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, ele revelou valores durante a sessão parlamentar desta quinta-feira, 09.

Sem respostas do Poder Executivo aos requerimentos que solicitam dados oficiais da gestão de Március Beltrão, Nelsinho divulgou números que confrontam o discurso da perda de recursos pelo governo municipal, entre eles o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Segundo o vereador, em maio do ano passado foram destinados R$ 2.949,782,00. No mesmo mês deste ano, o FPM destinado para Penedo ultrapassou três milhões (R$ 3.125.784,62).

Em relação ao mesmo período, também houve aumento do Fundeb (de R$ 1.852.910,00 em 2015 para R$ 2.662.868,00 em 2016). O repasse do Fundo Nacional de Saúde passou de R$ 448.572,39 em maio de 2015 para R$ 471.962,65 no mesmo mês do ano em curso.

Nelsinho destacou que a taxa da inflação dos últimos doze meses não supera o aumento de receita para a Prefeitura de Penedo e que o acordo para pagamento da dívida do município com o INSS retira apenas 1% da receita mensal destinada à prefeitura.

O vereador sugeriu ingressar com ação na justiça para obtenção de dados do governo e também solicitou informações, por escrito, sobre a resposta da gestão para a proposta feita para o convênio Sindspem, ou ainda a presença no plenário do Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Pedro Soares, para tratar do assunto.