O vereador Derivan Thomaz cobrou da Prefeitura de Penedo a realização de audiência na Câmara de Vereadores para prestação de contas. Por lei, todo município deve fazer, a cada quatro meses, uma exposição sobre receitas e despesas do município, conforme destacou em seu discurso nesta quinta-feira, 19.

Derivan Thomaz também elogiou o trabalho da Associação Moleque Travesso, reconhecida como de utilidade pública pela Câmara de Vereadores, e sugeriu que as agremiações participantes da Liga de Quadrilhas Juninas Tradicionais e Estilizadas de Penedo – também contemplada com título de utilidade pública – recebam os incentivos de forma proporcional à representatividade de cada uma no cenário local e estadual.

O vereador também voltou a cobrar da Prefeitura de Penedo o funcionamento de pelo menos uma escola em regime de tempo integral, citando o avanço na educação já efetivado em municípios próximos de Penedo.

Na sessão passada, Thomaz parabenizou a passagem do Dia do Enfermeiro e demais categorias que atuam na Enfermagem (técnicos e auxiliares) e que pretende cobrar do próximo governo uma área para instalação de quadra coberta, o que não fará agora porque não há interesse da atual administração em tocar os projetos que iniciados pelo governo passado, citando o abandono dos ginásios ainda não concluídos em duas escolas da rede municipal.

Ainda na sessão de 12 de maio, Derivan Thomaz justificou o decreto legislativo de sua autoria para concessão de título de cidadão honorário para o médico Roberto Liberato, especialista em urgência que atua na UPA de Penedo, prestando relevantes serviços à população.