A vereadora Lúcia Barbosa criticou a falta de ambulâncias em Penedo para atendimento dos casos de urgência e emergência, especialmente no SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Para exemplificar a gravidade da situação, ela citou o caso de um senhor de 92 anos de idade que precisou ser removido de casa para a UPA de Penedo, o que não ocorreu por falta de veículo apropriado.

Lúcia Barbosa também acredita que a falta de viatura do SAMU agravou o quadro de saúde do servidor da CMP Nilton César. Vítima de acidente de trânsito, ele sofreu fratura exposta na perna e aguardou o resgate por mais de uma hora, sofrendo hemorragia que levou a óbito após o socorro. Dirigindo-se a assistência da Sala das Sessões Sabino Romariz, Lúcia Barbosa convidou estudantes e membros das associações culturais a acompanhar, de perto, a atuação dos parlamentares.

“Fico muito feliz quando vejo essa Casa cheia, eu queria que toda semana estivesse assim para vocês verem que os vereadores trabalham, nós cobramos, nós fiscalizamos, mas infelizmente os requerimentos ficam engavetados”, disse Lúcia Barbosa. Sobre eleições, ela disse que é preciso testar o novo porque os que já são conhecidos e não deram certos não devem retornar