Vereador Cidoca destaca transparência no relatório sobre audiência pública do SAAE

Ascom CMP

Durante todo o processo de debate sobre como será a gestão do abastecimento de água e do tratamento de esgoto em Penedo, assim como as consequências da decisão pela concessão mediante leilão dos serviços essenciais, a Comissão Parlamentar Especial responsável por promover audiência pública sobre o tema desempenhou seu trabalho com responsabilidade e de forma técnica.

O resultado é um relatório transparente, conforme destacou o Vereador Cidoca (Alcides de Andrade Neto), presidente da Comissão Especial instituída pela Câmara Municipal de Penedo durante seu pronunciamento na sessão realizada na quinta-feira, 02.

Cidoca frisou a presença dos servidores do SAAE na Câmara durante a audiência pública realizada em 24 de novembro, o contato com secretários municipais e a busca de informações com setores dos governos estadual e municipal, sem retorno das solicitações a respeito dos dados obtidos por empenho da Comissão, inclusive junto a diretores do SAAE, atuais e anteriores.

“O único relatório que mostra que o SAAE é viável foi apresentado nesta Casa, por mim e pelo Vereador Valdinho, e aquele que foi prometido pelo governo estadual e municipal nunca foi apresentado”, disse Cidoca, acrescentando que o documento prometido pelo Secretário Estadual Maurício Quintella não foi enviado à Câmara justamente porque mostra que a autarquia tem viabilidade.

O SAAE de Penedo é viável e há outras formas de viabilizar o tratamento de esgoto em 90% do município até 2041, meta prevista no Marco Regulatório, conforme destacou Cidoca, frisando que o questionamento que faz é sobre o modelo adotado pelo município junto com o governo estadual, formato prejudicial para Penedo.

O vereador citou ainda o convênio recente firmado entre a Prefeitura de Penedo e o Comitê da Bacia Hidrográfica do rio São Francisco que vai investir nove milhões de reais em tratamento de esgoto, trabalho que vai acrescentar mais 12% de saneamento na cidade. 

 

Artigo anteriorVereador Bili Marques justifica seu voto contrário ao relatório da audiência pública sobre serviços do SAAE
Próximo artigoComissão que promoveu a audiência pública sobre serviços do SAAE entrega relatório