O Vereador Dr. Raimundo (Raimundo Jorge Rosário Souza) cobrou da Prefeitura de Penedo a efetivação de uma Academia da Saúde. Das três que o município deveria ter, apenas uma chegou a ser licitada, com obra iniciada em 2012 na praça Capela, situada no bairro Cohab. A instalação do espaço público para a prática de atividades esportivas e lazer não avançou, sendo o contrato com a construtora rescindido este ano.

A cobrança feita pelo parlamentar durante a sessão desta quinta-feira, 22, está relacionada com a escassez de locais adequados para a realização de exercícios e esportes em Penedo. Para exemplificar, Dr. Raimundo citou a quantidade de pessoas reunidas a cada manhã de domingo no cais da orla ribeirinha para observar os jogos amadores no Campo do Sinimbú ou nas quadras que haviam no setor urbanizado, espaços vizinhos do campo de futebol.

“Hoje, a quantidade de pessoas pode até ser vista, mas no outro lado da calçada, nos bares, justamente porque não há mais lugar para a prática de atividades físicas”, criticou o parlamentar, explicando que a Academia da Saúde prevê ainda orientação profissional especializada (educador físico) e seu funcionamento está vinculado ao NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família), conforme as regras do projeto bancado com recursos do governo federal.

Ainda sobre a área de saúde em Penedo, Dr. Raimundo falou sobre a unidade de saúde da mulher que a Prefeitura pretende inaugurar. Ele espera que o setor funcione, lamentando a demora reclamada por pacientes para a entrega do resultado de um exame de citologia realizada através da rede de atenção básica.

Dr. Raimundo criticou ainda a falta de transparência com os recursos públicos do município, o que dificulta a fiscalização por parte da Câmara Municipal de Penedo da aplicação das verbas, transferidas e próprias. O Vereador cobrou ainda alguma resposta do gestor municipal sobre as declarações que Március Beltrão fez sobre a pagamento de ‘mensalinhos’ a vereadores e cabos eleitorais, posicionamento que ainda não chegou à Casa Legislativa, apesar do encaminhamento de ofício do Dr. Raimundo ao Chefe do Executivo.