Do uso dos royalties enviados pela Petrobrás à prefeitura de Penedo entre 2013 e 2014. Como o pedido já foi realizado por meio de ofício, Thomaz solicitou cópia do documento para acompanhar o prazo de resposta. Em caso de ausência de informação, como tem sido a prática da administração Március Beltrão, o vereador afirmou que acionará o Ministério Público.

Ele também voltou a cobrar da Secretaria Municipal de Saúde a prestação de contas dos últimos seis meses da pasta liderada pela enfermeira Vera Costa. O pedido já encaminhado por meio de ofício tem prazo para ser respondido, o que ainda não ocorreu, motivo para o vereador acionar os órgãos competentes, conforme tem alertado no plenário, inclusive em relação ao governo municipal que não envia balancetes à CMP e nem promove audiências públicas quadrimestrais para prestar contas do uso do dinheiro público.

Thomaz também falou da ausência do prefeito do município, da demora de quase dois anos para tapar buracos em estradas da zona rural e do uso inadequado de uma ambulância que deveria servir aos moradores da comunidade Marituba do Peixe. Derivan também voltou a cobrar a instalação de redutores de velocidade na estrada de acesso ao referido povoado, investimento que viabilizou junto com o então deputado Joaquim Beltrão e o senador Fernando Collor.