O vereador Ronaldo Vicente criticou a forma como o governo estadual conduz o processo de municipalização do ensino público. A falta de diálogo com os servidores da Secretaria Estadual de Educação, principalmente professores, gera dúvidas e insatisfação na categoria que formou comissão – com a participação do parlamentar – para tratar do assunto com o Sinteal e o Palácio República dos Palmares.

Ronaldo Vicente questionou ainda a capacidade do município absorver, de imediato, todos os anos do Ensino Fundamental. “Como é que a prefeitura vai assumir essa parte da rede estadual tendo tantas pendências?”, indagou o vereador na tribuna da Câmara Municipal de Penedo durante a sessão realizada em 12 de fevereiro.

Ex-secretário municipal de Educação e professor, Vicente disse que o município não cumpre, em sua totalidade, com a obrigação que tem em relação ao Ensino Infantil. “Não somos contra a municipalização do ensino, mas não dessa forma como está sendo feita”, declarou Ronaldo Vicente. Ainda na mesma sessão, o vereador informou à Mesa Diretora que não irá compor nenhuma das comissões permanentes da Câmara.