São nos momentos mais críticos que a capacidade humana de empreender deve superar as dificuldades que se apresentam, conforme destacou o Vereador Messias da Filó (Manoel Messias Lima) em seu discurso na Câmara Municipal de Penedo nesta quinta-feira, 15.

“Retire o S e toque pra frente, crie e comece a inovar, não vai ser com choro e nem vela que se vai resolver tudo”, afirmou o parlamentar na tribuna. Se por um lado a capacidade individual de cada um deve fazer a diferença, a herança de pelo menos duas décadas de “falta de planejamento e improviso quase que permanente” na gestão da Prefeitura de Penedo reserva uma situação muito complicada para o próximo gestor do município.

“Se não fizer um planejamento exequível vai ser muito pior do que nos últimos vinte anos”, alertou Messias da Filó, comentando ainda o período de quase 8 anos sem reajuste salarial para para o funcionalismo municipal, problema que afeta diretamente o rendimento do servidor público.

Ainda na mesma linha de raciocínio, um ‘banho de loja’ em Penedo bancado com emenda parlamentar ou recurso federal pode evidenciar ainda mais a ‘distância’ dessa realidade em relação à condição atual do funcionalismo municipal, apesar da importância de projetos estruturantes para o município, obras que precisam ser melhor fiscalizadas, conforme analisou.

Por outro lado, Penedo não investe como deveria em agricultura e somente agora “ensaia’, por disposição da iniciativa privada, um planejamento voltado para o turismo, segundo o Vereador. Messias da Filó lamentou ainda a situação atual na rede municipal de Educação, explicando que o setor tem verba própria para manter os servidores da pasta e não deveria estar na forma em que se encontra, prejudicando milhares de estudantes.

Por fim, o experiente parlamentar expôs seu ponto de vista para o sucesso da municipalização do trânsito em Penedo: humanização, palavra chave para o êxito da proposta que envolve ainda a criação da SMTT, projetos aprovados por unanimidade dos vereadores na sessão desta quinta-feira, 15 de outubro.