O Vereador Antônio Nélson Oliveira de Azevedo Filho (Nelsinho) pediu a formação de comissão especial para investigar as obras paralisadas em Penedo. A proposta visa assegurar acesso a documentos dos serviços suspensos desde o início da gestão Március Beltrão, como calçamento de ruas, academias de saúde e construção de ginásios cobertos, conforme apontou.

Nelsinho citou ainda a devolução de recursos pela atual administração, dinheiro depositado em conta da Prefeitura de Penedo que não executou a obra prevista no contrato. Ainda sobre o assunto, ele destacou a urgência da investigação porque a “desculpa” atual é a insuficiência da verba para o serviço.

“A desculpa agora vai ser essa: o dinheiro não dá mais. É claro que não dá! Depois de praticamente três anos, como é que vai dar?”, reclamou durante a sessão realizada nesta quinta-feira, 23, comparando o custo de alimentos em 2012 que não podem ser adquiridos agora pela mesma quantia de três atrás.

“Nos outros municípios as coisas andam, são prefeituras que entregam obras”, afirmou da reclamando da falta de relação institucional por parte do governo municipal com a CMP. “Nós já sabemos qual é a posição do Prefeito Március, ele não quer conversa com os vereadores, ele não nos respeita e nem a população que o elegeu”, criticou Nelsinho.

O Vereador reclamou ainda que o pedido de informação que fez na sessão anterior ao Poder Executivo Municipal (o endereço da “Embaixada de Penedo” em Maceió) não foi respondido, o que prova a falta de atenção do governo Március Beltrão com o Parlamento penedense.