O vereador Evaldo dos Santos Monteiro (Valdinho Monteiro) voltou a cobrar da atual administração municipal a recuperação das estradas vicinais. Entre as críticas pelo não cumprimento dos prazos declarados pelo Secretário de Serviços Públicos, que “sempre diz que vai fazer na próxima semana”, conforme comentou, o edil requereu o fim das crateras situadas no acesso ao povoado Capela e também no caminho para a Marituba de Cima.

“Será que vão esperar que aconteça algum acidente para tomar providências?”, questionou Dr. Raimundo em aparte ao discurso de Valdinho Monteiro. O parlamentar tucano também ironizou as medidas anunciadas pela candidata e agora presidente Dilma Rousseff. “Na campanha veio com um pacote de bondades e agora que foi eleita de novo entregou um pacote de maldades”, comparou o edil, citando especialmente o aumento no preço dos combustíveis.

Decreto

Em relação ao Decreto de autoria pelo Prefeito Március Beltrão, Valdinho Monteiro afirmou que medidas para reduzir gastos já deveriam ter sido tomadas pela atual gestão, criticando as refeições em restaurantes de Penedo de servidores que trabalham até as 13 horas e que, passados praticamente dois anos, a atual gestão “não tem planejamento”.

Valdinho Monteiro também afirmou que o gestor deveria ter reduzido o próprio salário e dos secretários municipais, criticou o custo “milionário” da festa de Bom Jesus em Penedo em 2014 e 2013 e que as dificuldades alegadas pelo gestor não foram deixadas pela gestão passada.

Sobre a declaração de que o setor de saúde “nunca esteve bem em Penedo”, segundo afirmou o Prefeito, Valdinho Monteiro lamentou o comentário feito porque o gestor busca apenas informações de sua assessoria, conforme disse o vereador.

Para contrapor a declaração do gestor, Valdinho Monteiro voltou a denunciar o abandono de postos de saúde situados na zona rural de Penedo e a falta de ambulâncias para realizar socorros no período noturno, apenas por falta de pagamento adicional aos motoristas. Ele também pediu, novamente, providências em relação aos animais soltos nas ruas de Penedo e encaminhou proposta que concede título honorário de cidadão penedense ao Padre Jackson do Nascimento.