O vereador Raimundo Jorge Rosário Souza (Dr. Raimundo) sempre faz questionamentos relacionados ao setor público de saúde durante seus discursos. Na reunião realizada em 06 de novembro, ele questionou se o município está promovendo ações de combate ao câncer de próstata, como a realização de consultas e exames que deveriam ser intensificados agora, em meio ao Novembro Azul, como é identificada a campanha realizada em nível nacional.

“Qual é o posto que está fazendo o exame em Penedo, há profissional especializado para atender a comunidade?”, perguntou o ex-secretário municipal de Saúde, após citar que o mês de combate ao câncer de mama em Penedo, campanha denominada Outubro Rosa, foi mais “preta do que rosa” por conta da atual ineficiência na pasta que comandou por duas gestões.

Comparação

A título de comparação, Dr. Raimundo citou valores repassados pelo governo federal ao município somente na área de saúde, pouco mais de cinco milhões de reais no ano 2000, parte do período de oito anos em que esteve à frente da SMS. O valor citado é bem menor do que os R$ 18 milhões e 188 mil reais enviados por Brasília para Penedo até setembro de 2014.

“Nós tínhamos uma saúde razoável porque fazíamos com planejamento e prevenção, então é possível fazer!” afirmou o parlamentar que também voltou a criticar as promessas de campanha lançadas, mais uma vez, sem apontar a fonte de recurso para se alcançar a solução, o que não ocorre quando o candidato(a) é eleito(a).

Dr. Raimundo também cobrou, novamente, a realização das audiências públicas para prestação de contas da Prefeitura de Penedo, informações necessárias para que os vereadores possam fiscalizar o Poder Executivo e até avaliar as medidas anunciadas pelo gestor recentemente. “Se a lei federal não está sendo respeitada, imagine as outras!”, afirmou o parlamentar sobre o descumprimento da LRF pela atual administração.

Transparência

Outro ponto questionado pelo edil refere-se ao Portal da Transparência, ferramenta na qual não obtém o que procura, citando empenhos, frisando que talvez sua “ignorância cibernética” o impede de encontrar as informações que busca. “Fica difícil para nós acreditarmos em determinadas situações quando não temos a comprovação dos dados”, argumentou Dr. Raimundo.

O vereador também questionou a atuação da Vigilância Sanitária Municipal na fiscalização da carne bovina vendida em Penedo e sugeriu que o duodécimo que cabe ao Poder Legislativo seja integralmente empregado em ações públicas de Saúde e Educação, uso que daria mais ‘lucro’ aos vereadores perante a opinião pública, segundo avaliação do parlamentar.

À Mesa Diretora da CMP, o edil requereu cópia dos balancetes das contas da Prefeitura que teriam sido encaminhados ao Poder Legislativo e o envio de moção de parabéns ao governador Teotônio Vilela pela recuperação da rodovia AL 101 Sul.