A Câmara Municipal de Penedo (CMP) recebeu dois anteprojetos do Poder Executivo, matérias distribuídas para as comissões parlamentares na sessão realizada nesta quinta-feira, 26 de junho. Os vereadores analisam pedido de autorização de crédito para construção de uma escola de ensino infantil e alteração em lei municipal, extinguindo cargos da Prefeitura, com remanejamento de servidores de acordo com grau de escolaridade e aptidão para nova função.

O vereador Derivan Thomaz falou sobre as duas propostas na tribuna parlamentar, destacando que o anteprojeto nº 015/2014 possibilita a readaptação de servidores, sem prejuízo ao serviço público. Para exemplificar a afirmação, ele citou que os cargos de telefonista, escriturário e digitador (que constam na relação dos que serão extintos) tem função exercidas atualmente pelo agente administrativo.

A Prefeitura de Penedo pretende ainda extinguir os cargos de magarefe, gari, jardineiro, auxiliar de serviços funerários, auxiliar de serviços administrativos, mecânico e operador de máquinas. Os servidores lotados nos cargos a serem extintos terão a possibilidade de exercer funções similares, observando grau de escolaridade e aptidão para o cargo.

Derivan Thomaz disse ainda que essa proposta foi analisada pela gestão anterior do Sindspem, com aprovação do sindicato que representa o funcionalismo público municipal. Os vereadores Ronaldo Vicente e Valdinho Monteiro sugeriram consultar o Sindspem antes da apreciação do anteprojeto no plenário, medida aceita por unanimidade dos parlamentares.

Avanços para Penedo

O vereador Manoel Messias Lima (Messias da Filó) também fez uso da tribuna, destacando os avanços obtidos pela atual gestão para Penedo em meio aos problemas que o município enfrenta, citando o sequestro de recursos do FPM, o gasto acima do limite máximo com folha de pessoal, a reivindicação de reajuste salarial e serviços públicos que deixam a desejar.

O líder do governo destacou os convênios assinados entre Prefeitura e Caixa Econômica , sendo R$ 480 mil para reforma da orla (emenda senador Fernando Collor), R$ 959 mil para pavimentação e drenagem de ruas (emenda deputado Francisco Tenório), R$ 5 milhões para o Centro de Convenções de Penedo (emenda do deputado Renan Filho via Ministério do Turismo) e mais um milhão para pavimentação e drenagem de ruas (emenda deputado João Lyra).

“Em contrapartida às dificuldades que Penedo enfrenta, o governo tem mostrado competência para trazer investimentos para o município e a esperança de gerar o desenvolvimento que a gente precisa”, destacou Messias da Filó. O vereador assumiu o compromisso de articular com o prefeito Március Beltrão um encontro no qual os colegas parlamentares, de oposição e situação, apresentem sugestões de ruas a serem beneficiadas com o serviço de drenagem e pavimentação porque as cobranças da população são feitas a todos, vereadores e prefeito.

Dengue em Penedo

Já o vereador Raimundo Jorge Rosário Souza (Dr. Raimundo) voltou a cobrar ações da prefeitura para combater a dengue em Penedo, principalmente um mutirão de limpeza. O parlamentar falou sobre os procedimentos a serem realizados em pacientes com suspeita de dengue, com base em resolução do Ministério da Saúde, destacando o atendimento que acontece na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas que não estaria recebendo o devido acompanhamento nas unidades da rede básica.

O parlamentar também se prontificou a instruir o setor de Vigilância Epidemiológica do munícipio sobre o tema, ressaltando que a população precisa fazer a sua parte para combater a dengue. Em aparte, a vereadora Lúcia Barbosa destacou o serviço que era prestado no antigo Sesp, em relação aos exames/sorologia, e criticou novamente as borracharias que deixam pneus expostos nas calçadas, servindo de foco para proliferação do mosquito transmissor da dengue.

Lúcia Barbosa fez ainda um requerimento à Secretaria Municipal de Educação, solicitando vistoria em todos os ônibus que fazem o transporte escolar. Valdinho Monteiro também formalizou requerimento, pedindo providências à Secretaria Municipal de Agricultura em relação aos animais soltos nas ruas e acessos à cidade de Penedo, citando a presença na última segunda-feira, 23, de oito animais na Avenida Getúlio Vargas, alguns na calçada em frente da residência do vice-prefeito Ronaldo Lopes, fato que considerou lamentável.

Texto Fernando Vinícius – Jornalista MTB 837/AL