o parlamentar falou sobre seu trabalho para ampliar a oferta de moradia popular em Penedo por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, modalidade entidade. Ele relatou a parceria com o Instituto Nordeste, responsável por construir 500 casa no município, investimento que depende de procedimentos burocráticos de responsabilidade do governo municipal.

Por conta dessa exigência, Nelsinho disse que articulou um encontro entre o Prefeito Március Beltrão e representante do Instituto Nordeste, agradecendo a disponibilidade do gestor municipal que colocou a prefeitura à disposição da entidade para colaborar com o que for necessário, conforme destacou o parlamentar.

Nelsinho ressaltou que existe a possibilidade de aumento do número de imóveis a ser construído, avanço que depende da agilização das obras.

Já em relação ao Plano Nacional de Habitação Rural, outra frente de trabalho do parlamentar para viabilizar casas, estas para o homem do campo, Nelsinho revelou que há entraves atrapalhando o investimento, com processo de decisão em terceira instância. Ele acrescentou que, em breve, apresentará informações sobre o projeto que pretende implantar no povoado remanescente quilombola Tabuleiro dos Negros.

O vereador comentou a entrevista do Secretário Municipal de Infraestrutura, engenheiro Valmir Lessa, à Rádio Penedo FM e site aquiacontece, contestando justificativas dadas para obras paralisadas em Penedo. Diante da disponibilidade do responsável pela pasta em atender a imprensa, o vereador pediu a intermediação do líder do governo, Messias da Filó, para que traga o secretário ao plenário, frisando os convites já feitos pela Câmara para que Valmir Lessa apresente informações ao Poder Legislativo.

Nelsinho lembrou que o diretor médico da Unidade de Pronto Atendimento de Penedo também já foi convidado a comparecer na Câmara para falar sobre o atendimento aos pacientes cardíacos na UPA, mas ainda não compareceu. Ele solicita que os convidados informem data da presença ou justifiquem a impossibilidade de comparecimento. Caso isso não ocorra até a próxima sessão parlamentar (antecipada de quinta para terça-feira, 15), o parlamentar declarou que fará a convocação, pedindo apoio dos vereadores para a iniciativa.

O vereador solicitou ainda, na forma de requerimento, que a prefeitura conserte os buracos no calçamento da Rua 31 de Março e Rua dos Pescadores, ambas situadas no Bairro Santo Antônio (Barro Vermelho). “Até para transitar a pé está difícil”, justificou o pedido feito em nome dos moradores das localidades próximas da Escola Almirante Tamandaré.