Duas escolas da rede municipal de ensino de Penedo localizadas na zona rural estão sendo dirigidas por professores que não são servidores da pasta. A denúncia feita pelo vereador Ronaldo Vicente informa que as unidades localizadas nos povoados Prosperidade e Santa Margarida tem diretor importado do município de Coruripe, conforme divulgou na tribuna da Câmara Municipal de Penedo (CMP) durante a sessão realizada nesta quinta-feira, 21 de março.

“E como é ficam os nossos professores qualificados e capacitados?”, questionou o parlamentar tucano sobre a indicação para o cargo, ato que deveria priorizar o corpo docente da pasta que ele dirigiu na gestão passada. Ronaldo Vicente também criticou a falta de remédios e de médicos na rede de atenção básica do município, além da falta de apoio da municipalidade para duas professoras que se especializam em Braile e Libras (linguagem específicas para cegos) por meio de curso realizado em Maceió.

Para que as educadoras não desistam do aprendizado em seu 3º período de aulas, o vereador afirmou que está bancando a viagem das professoras até a capital, seja em seu carro próprio ou pagando táxi. Ronaldo Vicente falou ainda sobre o transporte escolar feito por motoristas sem habilitação e em ônibus sem condições de uso, situação que podem causar acidentes com a responsabilidade recaindo sobre o gestor da pasta, conforme ressaltou em aparte ao colega parlamentar Valdinho Monteiro, outro representante do PSDB na Casa de Leis.