A vereadora Lúcia Barbosa requereu ao comando do 11 º Batalhão de Polícia Militar a escala diária de dois policiais na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A presença do efetivo é necessária para garantir maior segurança para pacientes e profissionais do pronto-socorro, segundo a única mulher eleita para a atual legislatura da Câmara Municipal de Penedo (CMP).

Na justificativa da solicitação, Lúcia Barbosa relatou a invasão da UPA por um homem bêbado que carregava a filha no colo, exigindo atendimento imediato. “Espero que esse pedido seja rapidamente atendido, antes que aconteça o pior”, declarou ao mostrar sua preocupação com funcionários e servidores da UPA. Também preocupada com a vida de seres humanos, neste caso alunos, professores e funcionários da Escola Municipal Alda Toledo, Lúcia Barbosa solicitou maior atenção da Secretaria de Educação para a segurança da referida unidade de ensino.

O terceiro requerimento apresentado pela parlamentar na reunião realizada em 03 de outubro foi direcionado a todos os conjuntos habitacionais situados no bairro Raimundo Marinho. Lúcia Barbosa pediu a instalação de telefones públicos no Mata Atlântica 1 e 2, Marisa Letícia 1 e 2, Cidade do Povo, Vale do Marituba e Nilo Menezes. Ela também requereu iluminação pública no acesso ao Mata Atlântica 1 e 2, rua calçada com postes, mas ainda sem qualquer iluminação, o que facilita a ação de bandidos.