Vereadora Raquel cobra efetivação da casa de apoio às mulheres vítimas de violência em Penedo e critica empresa Águas do Sertão

0
206

Ascom CMP

Cumprindo o que havia anunciado na sessão anterior, a Vereadora Raquel Tavares usou parte do seu tempo na tribuna da Câmara Municipal de Penedo para cobrar a efetivação da casa de apoio às mulheres vítimas de violência, projeto de lei de sua autoria.

“Toda semana eu vou cobrar a casa de apoio para mulheres em Penedo porque a a cada dia que se passa estão aumentando os casos e a gente precisa que essas mulheres tenham acolhimento”, disse a parlamentar na reunião de 17 de agosto.

Raquel Tavares criticou os serviços da empresa Águas do Sertão, citando falta de respeito aos consumidores, cobrança de taxas abusivas e distribuição fraca de água. Ela também comentou sobre a má impressão causada por atrativos históricos de Penedo, sujos e com mato, o que é ruim para a cidade que pretende melhorar seu potencial turístico.

Outro tema abordado por ela são os engarrafamentos na cidade, cobrando atuação da SMTT, sugerindo convidar o superintendente para tratar dessa situação na Câmara.

Raquel parabenizou a conquista da Séria B pelo Sport Club Penedense, relatando sua emoção pessoal e apoio ao clube, concluindo seu discurso com agradecimento ao deputado federal Arthur Lira pelo envio de emenda parlamentar para ACRESC, verba que já está na conta da instituição.

Sobre a presença do presidente do Conisul no plenário, ela concorda e justificou seu posicionamento por não conseguir acesso ao gestor em Maceió, quando tenta conversar sobre os atrasos no pagamento dos serviços prestados pela ACRESC, entidade que fundou e presta relevantes serviços de saúde e assistência social para Penedo e região.