Vereador Nelsinho requer volta ao trabalho de aprovado no PSS da Educação

O Vereador Antônio Nélson Oliveira de Azevedo Filho (Nelsinho) voltou a cobrar do governo municipal o retorno ao trabalho dos auxiliares de sala, monitores e motoristas aprovados no PSS da Educação realizado no início do ano.

Com a pandemia do novo coronavírus, a rede municipal de Educação foi parcialmente paralisada, mas a efetivação do ensino – de forma remota – possibilita a retomada das atividades do pessoal que está sem salário e sem poder receber o Auxílio Emergencial por conta do vínculo, mesmo temporário, com a prefeitura.

Ainda sobre a Semed Penedo, o parlamentar reforçou a necessidade de aprovação de proposta que apresentou, na forma de Projeto de Lei, para inclusão de página eletrônica exclusiva, no portal da transparência da prefeitura, com informações sobre o uso de recursos do precatório do Fundef.

Sobre esse tema, Nelsinho destacou a aprovação, na Câmara de Deputados, da matéria que autoriza os gestores municipais a formalizar acordo com os professores sobre o uso dos 60% dos recursos do mesmo precatório, uma vitória para os membros do magistério, frisando a necessidade de manter o percentual em conta à parte, sem uso por parte da administração penedense, até que se conclua a tramitação do projeto no Senado e a sanção presidencial.

Por Ascom CMP