Antônio Nélson Oliveira de Azevedo Filho (Nelsinho) – apontou como “falta de responsabilidade com a vida alheia” a ausência de reparos nas estradas vicinais de Penedo por parte da Prefeitura, situação que coloca em risco a vida de quem mora na zona rural, citando especialmente alunos transportados para escolar na cidade.

O vereador chegou a afirmar que se não pode cumprir com o que foi prometido, não deve estar na vida pública, acrescentando ainda a “porta fechada” para agricultores que procuram a administração municipal com objetivo de conseguir um conserto para trator, frisando se tratar de pequenos reparos.

Nelsinho falou ainda sobre a abertura de procedimento de investigação, por parte do Ministério Público Estadual, em relação ao uso de recursos públicos por parte da Prefeitura de Penedo, agradecendo o trabalho do promotor Adriano Barros em atendimento à ação movida pela Câmara de Vereadores.

“Isso mostra que a Câmara tem responsabilidade com o município, é muito importante a atuação do Ministério Público”, destacou Nelsinho que também agradeceu os votos para seu pai Antônio Nélson, que disputou uma vaga na Câmara Federal, e também para o deputado estadual eleito Bruno Toledo.