o líder da bloco de oposição abriu seu discurso na tribuna discordando do colega de bancada, Dr. Raimundo, que havia classificado os vereadores penedenses como omissos na cobrança da prestação de contas da prefeitura e da própria Câmara. Nelsinho frisou que, apesar da falta de respostas, ele e outros parlamentares, inclusive de oposição, continuam apresentando requerimentos para que os balanços sejam encaminhados à Câmara, conforme determina a lei, e que já registrou ação no Ministério Público Estadual sobre o tema.

Outro assunto abordado pelo parlamentar diz respeito ao atendimento de pacientes com problemas cardíacos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Penedo. Com base em informações de pessoas que trabalham no setor de urgência e emergência, além de consultas a especialistas em Cardiologia, os procedimentos disponíveis atualmente na UPA podem ser insuficientes para salvar a vida de uma vítima de infarto, segundo o vereador.

Nelsinho ressaltou que o problema não é a mão de obra disponível na UPA e na cidade que conta com cardiologistas renomados, mas a precariedade do serviço, do protocolo específico para ‘infartados’, expondo a sua preocupação com auxílio de informações técnicas apresentadas em aparte do médico e colega parlamentar Dr. Raimundo.

Nelsinho fez ainda um requerimento para que a Secretaria Municipal de Serviços Públicos limpe e retire o mato acumulado na Rua Tenente Eulógio Bispo, situada no bairro Santa Luzia.