O estímulo à produção de peixe em tanques escavados no município de Penedo foi defendido pelo vereador Derivan Thomaz durante a sessão parlamentar realizada em 13 de fevereiro. A alternativa de renda para o homem do campo tem apoio do governo federal e agora da prefeitura que encaminhou anteprojeto de lei sobre o Programa Municipal de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Aquicultura Familiar, Abastecimento e Desenvolvimento Agrário.

Derivan Thomaz apresentou a matéria no plenário, destacando alguns pontos como a quantidade de horas de máquinas (100) para cada pequeno produtor rural, pescador ou agricultor assentado. A construção ou adequação do tanque será feita por máquina da prefeitura, segundo consta no anteprojeto encaminhado às comissões permanentes da Câmara Municipal de Penedo. O vereador ressaltou que o Ministério da Pesca investe para que o brasileiro aumente o consumo de pescado, passando dos 9 quilos atuais por ano para aproximadamente 14 kg/ano.

Para que o município não perca os recursos disponíveis por Brasília, a prefeitura tem até 28 de fevereiro para assinar o convênio, daí a necessidade de se apreciar o projeto enviado à CMP, conforme frisou Derivan Thomaz. Ele falou ainda que o Plano Safra passou a atender pescadores, desde o microcrédito de até R$ 2.500,00 – com juros de meio por cento ao ano – até projetos de maior porte, investimentos que visam tirar cem mil pessoas da linha de pobreza.

Derivan Thomaz também falou em seu discurso sobre o atendimento na UPA de Penedo aos sobreviventes do trágico acidente com a van que transportava 21 passageiros. Ele frisou o empenho das diretoras das áreas médica e administrativa, exemplificando com o deslocamento de unidades básicas e avançadas de cidades vizinhas para Penedo, veículos que se faziam indispensáveis ao transporte de pacientes em estado grave.

 

 

redação