O Banco Cruzeiro do Sul continua descontado dinheiro de funcionário da Prefeitura de Penedo que contraiu e já pagou empréstimo consignado com a instituição financeira. A cobrança irregular, acrescida inclusive de juros, foi denunciada pelo vereador Derivan Thomaz (PMDB) durante a última sessão da Câmara de Vereadores realizada no mês de março.

Para evitar que o servidor municipal continue a ser lesado, o parlamentar pediu que a administração municipal bloquei o repasse ao Cruzeiro do Sul pelo período de 60 a 90 dias. O vereador disse ainda que sua postura parlamentar é a mesma da legislatura anterior e continuará cobrando melhorias para o povo de Penedo, citando as solicitações que já fez sobre a recomposição das equipes de saúde da rede da atenção básica e a efetivação do novo valor do salário para os agentes comunitários de saúde.

Derivan Thomaz destacou também que tem pedido informações sobre o pagamento dos salários atrasados dos servidores municipais, débito que deve ser quitado por meio do parcelamento da dívida, conforme sinalizou o prefeito Március Beltrão durante encontro com funcionários no auditório do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penedo (Sindspem).

Ainda durante seu pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Penedo em 28 de março, Derivan Thomaz apresentou cópia de um ofício do Senador Fernando Collor enviado à Codevasf. No documento, Collor remete a recursos de emenda parlamentar viabilizado pelo ex-deputado federal Joaquim Beltrão para construção de quadras poliesportivas nos povoados Murici e Marituba do Peixe, pleitos encaminhados por Derivan Thomaz aos dois parlamentares.