O auxílio transporte oferecido pela Prefeitura de Penedo para os universitários que estudam em Arapiraca é insuficiente para bancar o custo da viagem que ocorre nos três turnos. O problema dominou a pauta do encontro realizado nesta segunda-feira, 06 de abril, entre representantes dos estudantes e a comissão de vereadores formada por Lúcia Barbosa (PSC), Ronaldo Vicente (PSDB) e Marcelo Pereira (PT).

Os setenta mil reais que o Poder Executivo propôs remanejar do orçamento em 2013, criando uma nova rubrica para destinar ao transporte dos universitários, não bancam o total das viagens durante o ano. Somente num mês, as idas e vindas entre Penedo e Arapiraca custam vinte e dois mil reais, valor dividido entre cerca de 80 alunos, conforme foi dito à comissão de vereadores por Clécia Dias e Antônio Félix Neto, dupla que representou os estudantes.

Sem transporte bancado pela administração municipal desde outubro de 2012, os universitários estão endividados com os donos de vans e micrônibus, sendo que alguns já trancaram matrícula ou perderam matéria por falta de recursos, segundo os representantes da classe que tende a ficar maior. O ingresso em curso de nível superior também ocorre na metade do ano, processo que sempre registra a aprovação de penedenses na Uneal e na Ufal.

Parecer adiado

A reunião entre parlamentares e universitários foi marcada durante a sessão da Câmara Municipal de Penedo (CMP) realizada em 04 de abril e deveria ter sido concluída com a emissão de parecer contra ou favorável à proposta do governo municipal. Contudo, a decisão foi adiada porque os universitários querem retomar o diálogo com o prefeito Március Beltrão para tentar assegurar um valor maior para o auxílio transporte.

Além do impasse na questão financeira, os alunos apresentaram dúvidas a respeito do gerenciamento da bolsa. Quem vai pagar ao transportador? Quem vai fiscalizar a prestação do serviço? É possível contratar apenas um transportador? O fornecimento de combustível pela prefeitura ao transportador vai baratear os custos, mas será possível oferecer essa vantagem? Todos esses questionamentos, dentre outros, mostraram a necessidade de se adiar o parecer.

Uma nova rodada de negociação deve ocorrer ainda esta semana e, assim que o possível acordo entre estudantes e a prefeitura estiver fechado, os vereadores se prontificaram em emitir parecer favorável à proposta. Concluída essa etapa, a Câmara Municipal de Penedo aguardará o envio do projeto de lei por parte do Poder Executivo, documento que normatizará a execução da proposta de auxílio transporte para os universitários penedenses.

Produção Assessoria da Câmara Municipal de Penedo – www.camaramunicipaldepenedo.com.br

Texto e Foto Fernando Vinícius – jornalista MTB 837/AL