23.2 C
Penedo
27/02/21

COMISSÃO DE JUSTIÇA

Messias da Filó (Manoel Messias Lima) – lamentou a falta de equilíbrio que inviabilizou a administração do município de Penedo

Para o experiente parlamentar, o caos de hoje é resultado de duas décadas de uso indevido dos recursos da Previdência Social, alerta que faz há tempos na Câmara Municipal de Penedo.

Sem planejamento, Penedo chega aos 379 anos de elevação da condição de povoado para vila – data que comemora no próximo domingo, 12 – tão maltratada quanto o Rio São Francisco, “parceiro número um do município”, como destacou. A crítica é centrada nas três grandes intervenções realizadas somente na orla de Penedo nos últimos vinte anos, exemplos de desperdício de recursos por conta de serviços feitos e destruídos pela máquina pública.

“Além da desorganização, nós não vamos resolver o problema porque vão quebrar de novo!”, afirmou Messias da Filó ao comentar a necessidade de novos serviços se for para fazer saneamento básico. Hoje, os serviços na orla são apenas para instalação de nova rede de drenagem de águas pluviais.

Leia também

Vereadores apoiam liberação de recursos para Santa Casa de Penedo

Comissão parlamentar é formada para cobrar da Secretaria Estadual de Saúde Ascom CMP Recursos destinados para a Santa Casa de Misericórdia de Penedo manter ações de...

Vereador Irmão João reivindica unidade móvel de saúde para zona rural

Moradores da zona rural de Penedo carentes de assistência médica-odontológica podem ser atendidos por equipe em uma unidade móvel de saúde, conforme requer o...

Vereador Sargento Marival pede revogação do desconto de 14% do salário dos aposentados da Prefeitura de Penedo

O desconto de 14% do salário dos trabalhadores aposentados da Prefeitura de Penedo precisa ser revogado, conforme requer o Vereador Sargento Marival (Marival Oliveira/PP). O...