A inclusão no Plano Nacional da Educação (PNE) da chamada ‘Teoria do Gênero’, proposta do deputado federal Angelo Vanhoni (PT/PR), foi criticada pelos vereadores penedenses durante a sessão realizada nesta quinta-feira, 03 de abril. A tentativa de introduzir na educação pública, desde a infância, o tratamento entre as pessoas por sua opção sexual, seja qual for, ao invés da classificação sexo masculino e sexo feminino atenta contra valores cristãos e a família.

O primeiro vereador a abordar o assunto foi Raimundo Jorge Rosário Souza (Dr. Raimundo). Da tribuna da Câmara, ele convocou colegas parlamentares e eleitores a pressionar os membros da bancada federal alagoana pelo veto da proposta. O parlamentar ressaltou que não é contrário à diversidade sexual e que respeita a opção sexual de qualquer pessoa, definida na fase adulta. Sendo assim, a escolha não deve ser orientada por cartilha distribuída no material escolar para crianças, um ‘despropósito’, como avaliou Dr. Raimundo.

O discurso apoiado pelos outros parlamentares gerou questionamentos sobre a necessidade de maior investimento, por parte do governo federal na educação, como destacou Ronaldo Vicente. Ele lamentou que a celeridade para a liberação de recursos direcionados aos estádios que vão receber jogos da Copa da Mundo não se repete nas necessidades da educação pública.

Manoel Messias Lima (Messias da Filó) lembrou que o Congresso nacional poderia estar focado no debate a respeito da federalização do ensino público em todos os níveis, desde a educação infantil, mas perde tempo com propostas que tentam ‘desmoralizar a família’. Todas as intervenções geradas pelo tema receberam apoio dos demais parlamentares.

Título de Cidadão

Além de outras temas apresentados na tribuna e dos requerimentos formalizados (confira abaixo resumo de cada vereador) na primeira sessão ordinária da CMP no mês de abri, os vereadores aprovaram a concessão do título de cidadão penedense para o empresário Isaac Nascimento, empresário radicado na Cidade dos Sobrados há mais de vinte anos.

Autor da proposta que consta em decreto legislativo de sua autoria, Dr. Raimundo explicou que o título é uma forma de agradecer ao lojista que gera emprego e renda em Penedo. O vereador lembrou que ‘Isaac do Rei do Alumínio’, como é conhecido, começou a trabalhar na cidade como ambulante e depois feirante, ocupações que o permitiram investir no ramo do comércio. Atualmente, o empresário é dono de lojas que geram emprego e renda para 16 funcionários, ou seja, 16 famílias, como destacou Dr. Raimundo.