Faltam balancetes e publicação na internet

A inexistência da prestação de contas da Prefeitura de Penedo, seja por meio de balancetes que devem ser enviados ao Poder Legislativo Municipal ou através da publicação num portal da transparência na rede mundial de computadores, foi motivo de duras críticas por parte do Vereador Antônio Nélson Oliveira de Azevedo Filho (Nelsinho) durante a sessão realizada em 08 de agosto.

“São mais de 20 milhões nas contas da Prefeitura Municipal de Penedo até agora e não sabemos para onde foi um centavo desse dinheiro. Só de royaltie da Petrobrás foi mais de um milhão no mês passado”, reclamou o líder do bloco de oposição. Nelsinho citou a falta de remédios nos postos de saúde e disse que não há sequer licitação pronta para o necessário reabastecimento das farmácias da rede.

O parlamentar afirmou ainda que o Prefeito Március Beltrão está ausente da cidade e que o gestor não dá satisfação à Câmara Municipal de Penedo. Nelsinho também declarou que todas as justificativas apresentadas pela administração municipal estão “caindo por terra”, apresentando argumentos contra declarações que o ex-vereador e atual Secretário Municipal de Governo, Josué Marques (Bili Marques), fez durante entrevista concedida pelo a uma emissora de rádio local.

Nelsinho também aproveitou seu tempo na tribuna para fazer um elogio aos colegas parlamentares pelo debate de ideias e de opiniões que presenciava na Sala das Sessões Sabino Romariz.