Fossa estourada, infiltrações na laje e paredes que ‘dão choque’ nos dias de chuva. Esses são alguns problemas encontrados na estrutura do 3º Centro de Saúde, o antigo Sesp, segundo denúncia apresentada pela vereadora Lúcia Barbosa (PSC) durante a sessão realizada na Câmara Municipal de Penedo no dia 07 de março.

Funcionária há 34 anos do setor localizado à Praça Clementino do Monte, Lúcia Barbosa lamentou a precariedade da estrutura que considera uma extensão de sua casa. “Vocês imaginem o nosso Centro de Saúde, que é referência, dar esse mau exemplo”, comparou a vereadora após citar o mau cheiro provocado pelos dejetos da fossa, situação que incomoda pacientes e servidores.

Vistoria do 6º GBM

Além do fedor, funcionários e usuários são submetidos ao risco de uma tragédia. Segundo Lúcia Barbosa, a laje apresenta fissuras por onde a água das chuvas escorre e isso gera o medo de um desabamento. As infiltrações também atingem as paredes, com vazamento de eletricidade registrado na sala de preparo dos pacientes. Diante desse quadro, a vereadora pediu que o 6º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), cujo quartel é sediado em Penedo, faça uma vistoria no antigo Sesp.

A parlamentar criticou ainda a paralisação dos serviços no Centro de Diagnóstico de Penedo e afirmou que apoiará a regulamentação do serviço de mototáxi, desde que a proposta atenda à legislação. Ela também parabenizou as mulheres pela celebração do Dia Internacional da Mulher, distribuindo flores aos colegas parlamentares, presente para as esposas dos edis.