Vereadora Raquel Tavares denuncia Coordenadora Municipal da Educação Especial

A Vereadora Raquel Tavares tem cobrado assistência para adolescente portador de necessidade especial que necessita de transporte específico para ir e volta da escola. O tema defendido por ela no plenário da Câmara Municipal de Penedo teria gerado constrangimento ao estudante, conforme denunciou nessa quinta-feira, 28.

Segundo Raquel Tavares, a Coordenadora Municipal da Educação Especial, Gleide Lima, foi até a casa do adolescente que passou mal e precisou ser atendido na UPA por conta da forma como foi tratado, conforme relato do aluno à vereadora que é sócia fundadora da entidade onde o adolescente recebe assistência, a ACRESC.

“Ela deveria procurar resolver o problema e encontrar a solução e não fazer com que a criança fique tendo febre e pressão alta, então eu acho que a ‘dona’ Gleide precisa vir a esta Casa urgentemente para dar uma explicação, não só a Raquel, mas a todos os vereadores desta Casa”, disse Raquel em tom de repúdio e requerendo, novamente, a presença da referida coordenadora no plenário da casa legislativa.