Engenheiro da Prefeitura de Penedo vai à Câmara para falar sobre obras do Centro

Nesta última sessão realizada na quinta-feira (07), comandada pelo Presidente em Exercício Ernande Pinheiro, o engenheiro responsável pela fiscalização das obras de Requalificação do Largo de São Gonçalo, Ivo Costa, foi até a sede do Poder Legislativo atendendo uma convocação feita pelos vereadores de Penedo.

Ivo usou a tribuna da Casa de Leis Penedense para sanar todas as dúvidas dos parlamentares penedenses quanto ao tempo de finalização das obras realizadas no Centro e também da qualidade dos serviços prestados pela empresa TEC Engenharia, responsável pelos trabalhos.

Quem abriu uma série de questionamentos foi o vereador Antônio Nelsinho (Nelsinho), que de primeira agradeceu pela presença do engenheiro e em seguida explanou sobre os transtornos causados aos lojistas e consumidores do Comércio de Penedo devido as condições de tráfego na região. Nelsinho também indagou ao representante da prefeitura sobre quais motivos a obra está sendo tão demorada. Ivo Costa prontamente respondeu ao parlamentar que realmente houve atraso, mas devido ao setor de arqueologia e a Eletrobras, que segundo ele, demorou para realizar a revisão de elétrica de alta e baixa tensão do local, retardando assim as obras. Já sobre várias aberturas e fechamentos do calçamento no mesmo local, Ivo garantiu que a fiscalização está sendo muito exigente quanto a qualidade dos serviços prestados e que quando constata algo de anormal ou que não está a contento, ordena que a empresa responsável refaça novamente o serviço. Já sobre a cimentação da calçada da Igreja de São Gonçalo, Ivo alegou que já estava previsto no projeto esta ação de cimentar com uma lona para proteger o calçamento, tendo vista que o mesmo estava em péssimas condições para ser restaurado, porém o engenheiro não descartou a ideia de colocar posteriormente um vidro sob o calçamento original para que seja visível para turistas e pedestres a pedra que existe ha 300 anos atrás.

O Vereador João Lucas também fez sua participação e alegou que todas as suas dúvidas foram praticamente esclarecidas pelas indagações do seu colega parlamentar, porém corroborou que as palavras do engenheiro só constatou, segundo ele, a falta de planejamento da obra.

Bili Marques comentou sobre a fala de João Lucas dizendo que, ao contrário do que ele e poucas pessoas acham, essa obra tem sim planejamento.
“Ela está sendo uma obra demorada. Ela exacerbou no tempo mas devido aos problemas econômicos em que o país está passando.” afirmou Bili Marques.

Já o parlamentar, Valdinho Monteiro, parabenizou as perguntas de seus antecessores e constatou que realmente o atraso foi por erro da empresa prestadora de serviço, que enlanguescia a calçada, estreitava, ou seja, era mal executada além de ser mal planejada.

Fagner Matias também fez uma série de perguntas ao representante da Sec. de Infraestrutura. Ele questionou quantos engenheiros trabalhavam nessa obras, como ficaria o trânsito após a finalização dela, e também a responsabilidade de cada órgão nesta ação. O edil também questionou se foi alterado o valor da obra devido a esta demora e recebeu a resposta que somente no projeto elétrico houve uma alteração de valores, vindo a ser aditivado pelo IPHAN para correção de diâmetro de cabos, porém afirmou que o município não entra com qualquer recurso financeiro.

O Vereador Rogério dos Peixoto também entrou na discussão e alegou que a angustia das pessoas é a falta de informação sobre o andamento das obras. Ele levou em consideração que após ser concluída, o benefício que esta ação trará para toda população penedense é inquestionável.

PRAZO PARA CONCLUSÃO

De acordo com Ivo Costa a primeira etapa da obra será concluída e entregue já no final deste ano, e dentre os meses de fevereiro e março a Requalificação do Largo de São Gonçalo será totalmente concluída e entregue a população.

Ainda sobre a finalização, o engenheiro garantiu que todo o serviço irá ser passado por uma espécie de renovação, onde todo o piso será lavado com um líquido especial, dando um ar de uma obra nova, como realmente é.

Confira na íntegra o vídeo da sessão quinta-feira 07: