O vereador Jorge Seixas destacou a realização de Congresso Estadual dos Jornalistas em Penedo como “o primeiro de outros grandes eventos” na cidade que se adequa para o turismo de negócios. Em sua 22ª edição, uma delas já realizada em Penedo, o Congresso Estadual dos Jornalistas acontece nos próximos dias 10, 11 e 12, com abertura na Casa de Aposentadoria.

A boa notícia foi divulgada pelo vereador na Câmara Municipal de Penedo durante a sessão de quinta-feira, 02. Jorge Seixas voltou a comentar os desdobramentos do processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff, as consequências das medidas pós-impeachment para os municípios e a mudança de atitude de pessoas e políticos em relação aos “arautos da moralidade” que articularam o movimento Fora Dilma.

A queda de ministros flagrados em tramas que atestam o golpe denunciado pelo Partidos dos Trabalhadores mostra a “falta de caráter político” do presidente interino, segundo o vereador. Pressionado pela população, Michel Temer revoga decisões por conta dos protestos realizados nas ruas das principais cidades do país desde sua posse.

Outro aspecto mencionado pelo vereador é a seletividade do Poder Judiciário, mostrando a diferença de tratamento em relação ao senador Aécio Neves – citado nas primeiras delações do processo Lava Jato, mas nem por isso convocado a depor – e o ex-presidente Lula, conduzido coercitivamente pela justiça que não encontra provas contra quem atuou pela classe trabalhadora, minorias e população de baixa renda na Presidência da República.

Sobre a irresponsabilidade dos que acusam sem provas, Jorginho disse que já foi vítima de “tentativas de desconstrução” quando do exercício parlamentar em outros mandatos e ainda em seu período à frente da Secretaria Municipal de Cultura. “Eu sempre digo que o tempo é senhor da razão”, concluiu.