“A Prefeitura de Penedo tem funcionários fantasmas que ganham e não dão um dia de serviço”, denunciou o Vereador Dr. Raimundo (Raimundo Jorge Rosário) durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Penedo realizada na última quinta-feira, 07. O parlamentar também declarou que gostaria de ser “convocado” para dizer quem são os ‘fantasmas’.

Dr. Raimundo falou ainda sobre a diferença entre os que prometem e não cumprem e quem faz sem ter prometido nada, relacionando os diversos postos de saúde que construiu e equipou quando esteve à frente da Secretaria Municipal de Saúde. Em visita recente ao povoado Palmeira Alta, o parlamentar constatou mais problemas gerados por falta da capacidade para administrar a pasta que presta serviços essenciais à população.

A unidade de saúde da localidade não funciona porque construíram uma laje no imóvel cujas paredes não suportam o peso da obra feita pela gestão atual. O serviço foi instalado em uma casa alugada onde equipamentos e mobiliário são mantidos de forma displicente e o mato toma conta, inclusive servindo de pasto para animais, a exemplo de um carneiro que encontrado durante a visita.

Ainda seguindo a linha de raciocínio dos que ‘fazem sem prometer’, Dr. Raimundo enalteceu o trabalho das irmãs salesianas que administram o Centro Juvenil Maria Auxiliadora, instituição de assistência social com 320 crianças e adolescentes matriculadas para receber reforço escolar, orientação religiosa, atividades de recreação e cursos profissionalizantes para as famílias atendidas no Centro situado na Vila Matias.

“Cesta santa é o que a Irmã Paula faz, essa é a diferença de quem faz e quem só promete. Uma fé sem obras é uma fé morta!”, destacou o parlamentar autor do Projeto de Lei que reconhece a condição de utilidade pública para a instituição. Com a aprovação da proposta já apoiada pelos colegas parlamentares, a instituição poderá captar verba pública.