Preocupado com os problemas causados pelo mosquito Aedes aegypti, o Vereador Nelsinho (Antônio Nélson Oliveira de Azevedo Filho) questionou na tribuna da Câmara Municipal de Penedo as ações desenvolvidas pela Prefeitura para combater o transmissor de doenças que podem levar a óbito.

“O que a Prefeitura de Penedo está fazendo para combater o Aedes aegypti?”, indagou o parlamentar durante seu discurso na sessão de quinta-feira, 10 de março. Ele destacou que existe legislação que ampara a entrada do pessoal que faz o combate ao mosquito em imóveis fechados, ação que já ocorre em municípios de Alagoas, mas não em Penedo.

Nelsinho também voltou a criticar a falta de condições de trabalho dos agentes de saúde, pessoal que utiliza formulários do município de Campo Alegre; percorre quilômetros, todos os dias, sem calçado adequado; dispõe apenas de fardamento repassado pelo ex-Prefeito Israel Saldanha; e recebeu protetor solar apenas uma vez durante a gestão atual.

“Eu tenho provas de tudo que eu digo”, afirmou o Vereador Nelsinho ao comentar tentativas de desqualificar suas denúncias por parte de pessoas ligadas ao governo atual, gente “fofoqueira e que não trabalha”, conforme declarou.

O parlamentar falou ainda sobre os mutirões de saúde feitos no governo atual, dizendo que a assistência à população penedense precisa acontecer de forma regular. Nelsinho afirmou ainda que a Secretária Municipal de Saúde, Vera Costa, “vive de mentir” e faz apenas visitas “esporádicas” à pasta da qual é titular.