O Vereador Ronaldo Vicente avalia que o governo municipal age de “forma eleitoreira” por apoiar e promover eventos em ano de eleição, criticando a precariedade da assistência à população nas áreas de iluminação pública, acesso à zona rural, ruas intransitáveis, segurança pública e vigilância sanitária, citando o fechamento do matadouro.

“O povo não é tolo para ser enganado com banana e bolo”, afirmou Ronaldo Vicente, referindo-se especialmente à programação da Prefeitura de Penedo para o Dia Internacional da Mulher, citando inclusive a participação “inédita” da Secretaria de Assistência Social, Dona Bel (Izabel Ernesto, sogra do prefeito Március Beltrão) em evento da pasta que é titular.

Para Ronaldo Vicente, a gestão atual não respeita Penedo, motivo do repúdio externado na tribuna parlamentar na sessão desta quinta-feira, 10. “Nós não temos prefeito, não temos vice-prefeito, não temos secretário de limpeza, Penedo está órfã!”, declarou.

Ele também criticou a situação política atual do Brasil, lamentando que a Presidente Dilma participe de “reuniões secretas” com o ex-presidente Lula, líder petista que ainda “dita as regras” no governo, segundo Vicente. O parlamentar ressalvou que existem pessoas boas e ruins em todos os setores da sociedade, inclusive nas siglas partidárias, mas o quadro atual aumenta a generalização da má imagem dos políticos no Brasil.

Ronaldo Vicente destacou ainda a importância da mulher, fazendo referência ao Dia Internacional comemorado no mês de março, criticando a falta da aplicação das leis que asseguram direitos às mulheres, destacando positivamente a Lei Maria da Penha.