A Secretaria de Saúde prestou contas do terceiro quadrimestre de 2015 durante audiência pública realizada na Câmara Municipal de Penedo (CMP). Os dados foram apresentados no plenário da Casa Legislativa por técnicos e coordenadores da pasta na tarde desta quarta-feira, 24 de fevereiro.

Durante a exposição resumida das ações desenvolvidas no período de setembro a dezembro de 2015, o Vereador Nelsinho (Antônio Nélson Oliveira de Azevedo Filho) questionou a assistência disponível na área de Odontologia. De acordo com a Coordenadora de Saúde Bucal, Edlaine Soares, 75% da população penedense está coberta pelo serviço realizado por quinze equipes de saúde bucal.

Outro ponto debatido diz respeito ao atendimento para pessoas que dependem de hemodiálise e para vítimas de problemas no coração quando encaminhadas para UPA. Apesar das justificativas, o risco de morte por infarto foi alertado, com pedido de providências encaminhado. Uma melhor divulgação dos procedimentos disponíveis na UPA foi sugerido pelo Presidente da CMP, Vereador Júnior do Tó (Antônio de Figueiredo Barbosa Júnior).

Também foram cobrados balancetes mensais específicos da Secretaria Municipal de Saúde, com registro no dia da audiência pública do envio do documento relativo ao mês de dezembro para a CMP.

De acordo com informações apresentadas, a pasta cumpre o que determina a lei e que a tabela do Serviço Único de Saúde (SUS) não cobre os custos dos procedimentos, sendo o município responsável por injetar 20% de recursos próprios na Saúde quando a legislação determina o uso de pelo menos 15%.

Já a Coordenadora do CAPS – Karine Omena – solicitou apoio da Câmara para que a Santa Casa de Penedo agilize a abertura de leitos para pacientes de transtornos mentais no Hospital Regional, sob pena de o município perder recursos/serviço para Coruripe.

Também merece destaque a divulgação sobre pacientes que deixam de fazer exames agendados pela Secretaria de Saúde sem justificar a ausência, informação omitida quando reclamam da suposta falta de assistência na mídia.
A exposição foi encerrada com elogios dos parlamentares, especialmente Nem Batista que parabenizou a Secretária Vera Costa e a necessidade do trabalho conjunto para o bem do povo de Penedo.