O Vereador Nem Batista (Valdir Batista dos Santos) bateu forte no governo estadual ao falar sobre a apreensão das ‘cinquentinhas’ em Penedo. Para o parlamentar, a necessidade de o Estado recuperar-se financeiramente não pode depender de medidas que prejudicam famílias de baixa renda dependentes do meio de transporte popular, com foco no município ribeirinho.

“Em cima do povo de Penedo não!”, afirmou com seu estilo peculiar na tribuna parlamentar durante a sessão de 09 de julho. “Que vá adquirir recursos em outra cidade e não com nosso pessoal que não pode mais nem sair de casa para trabalhar”, criticou Nem Batista, frisando que a municipalização do trânsito em Penedo é “problema para se resolver ontem”.

O vereador também fez uma denúncia grave em seu discurso. Segundo Nem Batista, três unidades de ensino da rede municipal situadas na zona rural de Penedo estão perdendo estudantes para Coruripe. O motivo: a administração do município vizinho colocou transporte escolar para os povoados Palmeira Alta, Santa Margarida e Prosperidade.

Apesar de situados em Penedo, com escolas nas citadas comunidades (Escola Hanna Bertholet/Santa Margarida, Escola Santa Cândida/Palmeira Alta e Escola São João Batista/Prosperidade), os povoados recebem agora melhor assistência do governo de Coruripe, por isso a migração de alunos e alunas, explicou Nem Batista.