A reunião realizada nesta quinta-feira, 16, na sede do Ministério Público Estadual em Penedo para discutir questões relacionadas às ‘cinquentinhas’ foi destacada pelo Vereador Cidoca (Alcides Andrade Neto) em seu discurso na Câmara de Vereadores.

Presente ao encontro, o parlamentar ressaltou que os reclames populares amplificados pelos discursos dos vereadores fizeram as reivindicações chegar ao conhecimento de outras instituições. Sem a atuação da Câmara Municipal de Penedo, os problemas causados aos trabalhadores que dependem do transporte não estariam na pauta do MPE e de setores do governo estadual.

“Estamos tentando fazer um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que pode ser inclusive um espelho para Alagoas”, declarou Cidoca depois de elogiar a união dos donos de ‘cinquetinhas’ em Penedo, esforço fundamental para a busca por soluções, assim como a persistência dos trabalhadores da Educação, categoria em greve há mais de 40 dias.

Ainda sobre as questões das ‘cinquentinhas’, Cidoca falou sobre a tentativa de se anistiar os valores cobrados pelo Detran até 2014 para que se realizar o emplacamento, apontado a culpa na empresa que vendeu o veículo utilizando de má fé por enganar o consumidor.

Sobre o esforço realizado pela Câmara Municipal de Penedo, inclusive em temas que ultrapassam os limites do município de Penedo, Cidoca frisou que é preciso ‘endurecer’ o discurso para que os reclames da população sejam ouvidos, lamentando apenas que a atuação dos vereadores na busca de soluções nem sempre têm o devido reconhecimento.