Além de cumprir uma obrigação legal, a audiência pública sobre a prestação de contas da Prefeitura de Penedo na Câmara de Vereadores serviu para confirmar uma situação denunciada anteriormente pelo Vereador Manoel Messias Lima (Messias da Filó): a dívida do município com o INSS.

De acordo com o Secretário Municipal de Gestão Pública e Finanças, Marcos Beltrão, o valor atual do débito do município de Penedo com a Previdência Social alcança R$ 85 milhões de reais. De forma parcelada, a dívida “praticamente impagável” alcançava cerca de R$ 39 milhões em 2009, quando a população de Penedo reconduziu Messias da Filó até o Poder Legislativo após 12 anos longe da política.

Em sua intervenção, o Secretário Municipal de Governo e ex-Vereador Josué Marques (Bili Marques) falou sobre reuniões que participou com pessoal da Previdência em 1999. Nesta época, a dívida da Prefeitura com o INSS era de aproximadamente nove milhões, valor que aumentou por conta do desrespeito ao parcelamento, gerando a ‘bola de neve’ que assola Penedo atualmente.

“Isso é uma falta de planejamento absurda”, criticou Messias da Filó, lamentando a situação criada em Penedo e encerrando com um pedido ao Secretário: envio regular dos balancetes da Prefeitura à Câmara.