O Ministério Público de Contas divulgou para a imprensa uma relação de prefeituras e câmaras de vereadores com pendências em relação ao órgão relacionado ao Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE/AL).

A Câmara Municipal de Penedo (CMP) aparece na lista porque perda do prazo para prestação consolidada das contas do exercício 2014, apesar do envio dos balancetes ao TCE Alagoas. Foi o que o ex-presidente da CMP, o Vereador Alcides de Andrade Neto (Cidoca), disse em seu discurso durante a sessão realizada quarta-feira, 20.

O gestor anterior da Mesa Diretora da CMP afirmou que o problema foi causado por falta da entrega da ‘mídia consolidada’ ao TCE Alagoas. Cidoca também reclamou de supostos comentários do atual Presidente da CMP, Antônio de Figueiredo Barbosa Júnior (Júnior do Tó), com “amigo ou aliado” em ambiente estranho ao plenário sobre as contas do ano passado.

A crítica do ex-presidente do Poder Legislativo Municipal foi rechaçada por Júnior do Tó que lamentou ainda a entrega das contas de 2014 por Cidoca, na Câmara Municipal de Penedo, somente depois do término do prazo estabelecido por lei.

Além de inviabilizar o envio dos documentos pela demora em entregá-los na CMP, os balancetes apresentados entre os dias 8 ou 9 do mês em curso estavam sem assinaturas.