Em seu discurso sobre a realização da audiência pública em Penedo sobre Ensino Fundamental, “um trabalho árduo, rápido e capaz de atender os anseios”, o vereador Messias da Filó (Manoel Messias Lima) destacou que o regime de colaboração entre os governos estadual e municipal já estava previsto desde 2009.

Apesar disso, o experiente parlamentar avalia que faltou melhor divulgação das ações tomadas, considerando ainda portaria publicada pelo Estado“provisória e que não dá segurança”. Os problemas gerados pelo documento e a ausência de informações aprofundadas foram em parte solucionados pelo debate organizado pela Câmara Municipal de Penedo.

“A gente tem a consciência não apenas do dever cumprido, mas da capacidade do Poder Legislativo quando faz valer a sua ação”, declarou Messias da Filó sobre o debate que promoveu a abertura do diálogo e apresentação de esclarecimentos, além da instalação de comissão geral para acompanhar o desenrolar do processo daqui por diante.

Messias da Filó requereu a troca de poste situado na Travessa Batista Acioly, estrutura bastante danificada que está suspensa apenas pela rede de energia, segundo o parlamentar.