“Essa enganação fechou os olhos dos gestores”, afirmou Dr. Raimundo sobre o processo municipalização do Ensino Fundamental, mudança em curso que tem gerado polêmica em Penedo. A frase do vereador remete ao tempo em que era secretário municipal de saúde, no final da década de 90, período de municipalização da saúde pública.

Das promessas feitas à época ao progressivo subfinanciamento por parte do governo federal mostram que as propostas de municipalização devem ser evitadas. “Toma que o filho é teu”, declarou Dr. Raimundo, com a frase que mostra como a União se esquiva de suas responsabilidades ao passar obrigações federais para prefeituras.

Dr. Raimundo também questionou a suposta escassez de recursos pelos governos federal e estadual. “Como é que não tem dinheiro para dar aumento para professores e médicos?”, perguntou após falar na tribuna durante a sessão parlamentar realizada em 12 de fevereiro, referindo-se ao constante pagamento de contratados e prestadores de serviço pelas duas esferas de governo.