Unidades de Saúde foram descredenciadas pelo governo federal

O governo federal descredenciou postos de saúde de Penedo que estão sem médico há mais de 60 dias, medida que levou as unidades para o Programa de Agentes Comunitários (PACs). Para o Vereador Valdinho Monteiro, o retrocesso na assistência ao povo penedense é consequência de “ato irresponsável” da atual administração municipal.

O parlamentar voltou a criticar a falta de médicos nos postos de saúde de município, principalmente nas unidades da zona rural. Em muitos povoados não há profissional médico desde o início da gestão Március Beltrão, conforme tem reclamado no plenário da Câmara Municipal de Penedo. Na sessão realizada em 22 de agosto, Valdinho Monteiro também criticou o corte na gratificação das enfermeiras efetuado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Requerimentos não são atendidos

Em defesa das enfermeiras, o Vereador disse que a maioria está há 10 anos ou mais no serviço público e merecem ter a gratificação de R$ 2.700,00 incorporada ao salário. Ele também reclamou da falta de manutenção nas estradas de acesso à zona rural de Penedo. Apesar dos requerimentos encaminhados por ele e demais colegas parlamentares ao Poder Executivo, os pedidos não foram atendidos, segundo Valdinho Monteiro.

Com ajuda do deputado federal Alexandre Toledo, o Vereador disse que conseguiu uma máquina para melhorar o trecho entre as comunidades Capela, Murici, Marcação, Riacho do Pedro e Ponta da Várzea e usou recursos próprios para colocar piçarra na estrada. Valdinho Monteiro avalia que os secretários municipais demonstram interesse em resolver os problemas, mas não estão recebendo as devidas condições da Prefeitura para trabalhar.