Ascom CMP

O Vereador Messias da Filó levou um tema de extrema importância à tribuna da Câmara Municipal de Penedo (CMP) durante a sessão realizada em 15 de dezembro. 

O parlamentar relatou os problemas causados aos moradores dos povoados Ponta da Ilha, Ponta Mofina, Embrapa, Sítio Nazário, Ilha das Canas e adjacências devido a falta de energia elétrica durante quatro dias seguidos.

O apagão começou na sexta-feira, 09, e continuou até a noite de segunda-feira,12. “Imaginem o que aconteceu com o que tinha na geladeira dessas pessoas que também ficaram sem água em casa porque sem energia não tem bombeamento”, frisou Messias da Filó em seu pronunciamento.

Além disso, donos de pequenos rebanhos de gado perderam a produção retirada das vacas no sábado, no domingo e na segunda-feira. Sem energia, os tanques de resfriamento do leite não funcionaram, desperdício que também prejudicou a indústria compradora do leite.

Por se tratar de uma região ribeirinha de Penedo, o apagão também afetou pescadores que precisam armazenar o pescado em refrigeradores para vender o alimento. 

O relato repercutiu no plenário e recebeu apoio para as medidas propostas pelo vereador: buscar a reparação dos prejuízos causados aos moradores, junto à empresa Equatorial Energia, e acionar a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) sobre o fato.

Na forma de requerimento, Messias da Filó solicita à SMTT a instalação de placas indicativas de acesso às localidades na zona rural, assim como nas estradas vicinais, atendendo pedido de representantes de associações da zona rural.

Artigo anteriorVereador Cidoca cobra repasse do Governo de Alagoas para Santa Casa de Penedo
Próximo artigoVereador Val da Banana faz sua estreia na tribuna da Câmara Municipal de Penedo