Vereador Bili Marques esclarece questões levadas ao plenário

Ascom CMP

Uma das funções do líder do governo na Câmara Municipal de Penedo é esclarecer temas debatidos no plenário que estejam diretamente relacionados com a administração.

Assim, o Vereador Bili Marques informou aos demais parlamentares e assistência que o atraso no pagamento aos profissionais de Ortopedia que atuam na Santa Casa de Penedo é decorrente da falta de repasse da verba federal identificada pela sigla MAC.

Sobre o investimento em curso na comunidade Oiteiro, a primeira beneficiada com o Programa Meu Bairro Melhor, Bili Marques explicou que os trabalhos são realizados com recursos próprios do município e que novas intervenções ocorrem com o desenrolar do trabalho que, ao final, terá um relatório completo divulgado.

Sobre remédios vencidos no almoxarifado da Farmácia Central, Bili Marques informou que nenhum foi repassado à população e que serão devidamente incinerados, conforme prevê a legislação.

O líder do governo na casa legislativa também frisou que os municípios que haviam desistido do plano estadual para concessão do abastecimento de água e de saneamento básico estão formando uma espécie de consórcio para adotar o mesmo modelo que Penedo aderiu, comprovando que a decisão tomada por Ronaldo Lopes é acertada.

A formação de um bloco com cidades como Arapiraca e Coruripe implica iniciar, com grande atraso, um trabalho extenso, complexo e agora sem direito a algumas situações por perda dos prazos previstos, inclusive no Novo Marco Regulatório do Saneamento Básico.

Artigo anteriorVereador Dr. Epson pede apoio para solução de crise financeira na Santa Casa de Penedo
Próximo artigoVereador Irmão João destaca resultados positivos da Secretaria de Saúde