Câmara Municipal de Penedo propõe intensificar combate ao coronavírus

Vereadores propõem medidas de combate á Covid-19 (Foto Fernando Vinícius/Ascom CMP)

Sugestões apresentadas para representantes do poder público e das agências bancárias

Ascom CMP

O combate ao coronavírus exige um esforço conjunto de todos, ação que precisar ser reforçada em Penedo por meio de medidas preventivas e também ostensivas.

Com base nessas perspectivas e visando preservar vidas, a Câmara Municipal de Penedo (CMP) propõe medidas práticas e viáveis, conforme se verificou durante reunião realizada nesta segunda-feira, 08.

O debate promovido pela Comissão Parlamentar Permanente de Fiscalização e Controle – integrada pelos edis Epson Costa (Dr. Epson/presidente), Rodrigo Regueira (relator) e Denys Reis (membro) – trouxe representantes do poder público municipal e das agências bancárias que funcionam na cidade para o plenário da casa legislativa.

Sugestões foram apresentadas para representantes do poder público e de agências bancárias na Câmara Municipal de Penedo (Foto Fernando Vinícius/Ascom CMP)

Propostas

Entre as medidas propostas pelos vereadores estão a instalação de tendas nas imediações de agências e casas lotéricas com maior fluxo de pessoas, controle rigoroso para acesso, sinalização para distanciamento social, inclusive do lado de fora desses locais.

O Presidente Antônio de Figueiredo Barbosa Júnior (Júnior do Tó) sugere a promoção de campanha educativa mais incisiva e que o Poder Executivo se articule com as superintendências das instituições financeiras para que, de forma conjunta, torne possível a adoção de algumas propostas.

O Vereador e médico Dr. Epson alertou sobre o agravamento da pandemia de Covid-19. Segundo projeção da Sociedade Brasileira de Infectologia, março e abril serão meses piores do que o mesmo período do ano passado.

Formado em Publicidade, Rodrigo Regueira é favorável ao trabalho de informação de maior impacto, para despertar a atenção das pessoas sobre a gravidade do quadro atual e o risco de morte gerado pelo coronavírus.

Denys Reis alertou sobre a escassez de servidores públicos para atuar nas ruas, inclusive da Polícia Militar, e propõe a instalação de barreiras sanitárias nos acessos ao comércio do Centro da cidade.

Os pontos de controle seriam passagem obrigatória apenas para quem estiver com máscara, uso do EPI ignorado por parte das pessoas, conforme ressaltaram os participantes do debate sobre o problema de saúde que atinge todas as classes sociais, sem distinção.

Texto e fotos Fernando Vinícius – jornalista MTB 837/AL