Derivan Thomaz reivindica pavimentação da estrada entre Capela e Riacho do Pedro

Derivan Thomaz
Vereador Derivan Thomaz

O Vereador Derivan Thomaz/Partido Republicanos reivindica a pavimentação asfáltica da estrada entre os povoados Capela e Riacho do Pedro, a partir da rodovia AL 101, trecho com quatro quilômetros de extensão.

O benefício para os moradores daquela região da zona rural de Penedo consta na indicação apresentada por ele durante a segunda sessão parlamentar deste mês de fevereiro.

O documento aprovado no plenário durante a reunião realizada na quinta-feira, 11, é encaminhado ao governador Renan Filho, ao prefeito Ronaldo Lopes e para a deputada estadual Jó Pereira.

O planejamento do vereador em seu quarto mandato é conseguir, por etapas, pavimentar a estrada até o povoado Marituba, “obra que vai dar qualidade de vida e desenvolvimento para os moradores”, conforme destacou em seu discurso, acrescentando a valorização imobiliária daquela região.

Derivan Thomaz também reivindica a pavimentação asfáltica do percurso entre os dois núcleos do povoado Cooperativa, investimento a ser feito aproveitando o trabalho que ocorre atualmente na rodovia estadual entre Penedo e Pindorama, cujo trajeto inclui trecho próximo das comunidades a serem beneficiadas pela indicação do parlamentar.

Na tribuna, ele destacou as condições reais para viabilizar os avanços direcionados à zona rural de Penedo, melhorias que podem ocorrer por meio de emendas parlamentares e através do programa Pró-Estrada, do governo estadual.

Escolas e ginásios

Ainda durante a mesma sessão legislativa, Thomaz requereu do poder público municipal a reforma das unidades de ensino Irênio Araújo, situada na comunidade Marituba do Peixe; e Cônego Teotônio Ribeiro, localizada no povoado Murici; a construção de ginásios poliesportivos nos povoados Cooperativa 1º Núcleo e Murici; e a conclusão dos ginásios iniciados em Itaporanga e Marituba do Peixe.

O parlamentar também solicita a conclusão da praça do povoado Marituba de Cima, acrescentando a necessidade de colocação de material na área em frente à igreja; e a retirada de quebra-molas instalado em frente à garagem da casa de nº 70, da Rua Frei Damião (Vila Matias), pleito que faz desde o ano passado.