A Comissão Permanente de Fiscalização da Câmara Municipal de Penedo (CMP) recebeu determinação da Mesa Diretora do Poder Legislativo para analisar a movimentação financeira entre a Prefeitura de Penedo e o Sindspem (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penedo). A investigação foi ordenada durante a sessão parlamentar realizada nesta quinta-feira, 15 de outubro.

De acordo com o Presidente Alcides Andrade Neto (Cidoca), o objetivo da medida é pôr fim a qualquer dúvida relacionada ao atraso do repasse destinado ao Sindspem por parte da administração municipal. A Comissão Permanente de Fiscalização da CMP é composta pelos vereadores Armando Lima (Mano da Caçamba/presidente) e Marcelo Lins Pereira (membro). O relator Derivan Thomaz justificou sua impossibilidade de participar por ter sido diretor do Sindspem na gestão passada e candidato à presidência do sindicato na eleição mais recente.

Cidoca explicou que Armando Lima pode iniciar os procedimentos, com auxílio da assessoria jurídica da CMP, com indicação posterior de relator para a Comissão que tem prazo de 15 dias, a contar desta quinta-feira (15 de outubro) para entregar o resultado dos trabalhos.