o vereador requereu providências por parte do governo municipal em relação ao esgoto que escorre a céu aberto no Alto do São João (bairro Santo Antônio) e no bairro Santa Isabel (popular Cacimbinhas), especialmente na Avenida Brasil e ruas paralelas. Ele também pediu a instalação de iluminação pública para o trecho situado ao lado da sede do Ifal, acesso a conjuntos habitacionais em completa escuridão, pedido já apresentado à prefeitura por outros parlamentares em sessões passadas, mas até agora não atendido.

Sobre esse assunto, o vereador Antônio de Figueiredo Barbosa Júnior (Júnior do Tó) declarou que representantes da prefeitura lhe informaram que a rede elétrica disponível no referido local é apenas de alta tensão. Por conta disso, recomendou que o requerimento também fosse encaminhado para a Eletrobras Alagoas, sugestão autorizada por Ronaldo Vicente que voltou a cobrar melhor prestação de serviços públicos pela prefeitura e os balanços, com receitas e despesas da atual administração.

Ronaldo Vicente também havia criticado a falta de informações, por parte da presidência da Câmara, sobre recursos e reforma da sede própria do parlamento, reclamação apresentada antes da intervenção do presidente Alcides Andrade Neto (Cidoca). À frente da Mesa Diretora a partir de 2013, Cidoca declarou que todos os empenhos e balancetes estão na Secretaria da Casa, à disposição de qualquer vereador para consulta por meio de cópia autenticada.

Profissional do setor da Educação, Ronaldo Vicente lamentou a falta de ocupação para estudantes da rede pública estadual que estão sem estudar por conta da greve deflagrada logo após o início do ano letivo. Ele também destacou a importância da Professora Miriam Galvão, a quem pediu conselho quando decidia se deveria ou não cursar o magistério, requerendo um telegrama de pesar para a família da educadora que faleceu recentemente.